18 de Outubro: Dia Mundial da Menopausa

  • Outubro 18, 2022

No dia 18 de Outubro, celebrou-se o Dia Mundial da Menopausa.

Neste dia queremos alertar para a importância da saúde do pavimento pélvico.

A menopausa é uma fase delicada da vida da mulher e que se caracteriza por alterações hormonais muito marcadas.

O grande vilão é o estrogénio que diminui drasticamente nesta fase. Pela falta da sua produção, podem ocorrer disfunções do pavimento pélvico e com isso sintomas que afetam a qualidade de vida.

Com o envelhecimento e a menopausa, que acarreta perturbações hormonais, acontece a diminuição da produção de colagénio deixando o tecido muscular menos contrátil.

Esta e outras alterações estruturais podem afetar a função da uretra, dos ligamentos que suportam os órgãos pélvicos e dos músculos do pavimento pélvico.
Deste modo, podemos ter estruturas no nosso corpo responsáveis pela continência e suporte/sustentação dos órgãos pélvicos (ex.bexiga) pouco eficazes levando a problemas como incontinência urinária e prolapso.
Porém, é importante ressalvar que estas estruturas não estando no seu estado perfeito (serão sempre alteradas) podem estar bem compensadas e funcionantes.

É aqui que entra o herói -pavimento pélvico. O seu cuidado pode prevenir ou diminuir as queixas do foro urinário e sexual. Fará sempre parte da intervenção de primeira linha pois são estruturas dinâmicas, que conseguimos voluntariamente pedir a sua ativação e relaxamento. Não se passa o mesmo por exemplo com os ligamentos, isto é, não vamos conseguir modificá-los de forma conservadora. Mas podemos compensar um ligamento laxo com um músculo forte.

O pavimento pélvico deve ser bem conhecido pela mulher e idealmente bem antes de entrar na menopausa.

Fisioterapeuta Adriana Pires Céd. 679 Ordem dos Fisioterapeutas